Algarve entre os destinos ideais do New York Times

O Algarve está entre os 45 destinos preferenciais sugeridos pelo New York Times para as viagens dos seus leitores em 2012.
A região portuguesa surge em 29º lugar na lista, entre locais tão diversos como as Maldivas, a Antártida ou Londres, capital britânica.
Alexander Lobrano, jornalista responsável por traçar o perfil do Algarve, descreve-o como a “Riviera portuguesa” e dá destaque ao facto de, embora seja um destino turístico por excelência há já muito tempo, estar a trabalhar no sentido de alcançar, no futuro, um público mais abrangente.
Para o fazer, escreve o New York Times, o Algarve “reciclou-se a si próprio” com “novos ou renovados hotéis de luxo que enfatizam o estilo, a autenticidade e a ecologia”, entre os quais sobressai o Hotel Bela Vista, em Portimão, considerado um “exemplo perfeito” com um “design incrível” da autoria de Graça Viterbo.
O perfil traçado enfatiza ainda as áreas mais “sossegadas” do Algarve, como Sagres ou Olhão e não deixa de mencionar as “atrações naturais” algarvias, nomeadamente a Ria Formosa, que permitem desfrutar “da beleza pura das praias de areia branca”.

Clique AQUI para consultar a lista completa de destinos turísticos indicados pelo jornal norte-americano.

Anúncios

Algarve Natural


Surpresas e encantos de um universo por descobrir.

Na multiplicidade algarvia encontram-se espaços em que a Natureza se encontra ainda em estado puro.

Nos parques naturais, nos sítios classificados, ou nos locais de interesse ecológico, sobrevivem espécies, da fauna e da flora, que fora destas áreas estão já em vias de extinção. Outras há que, graças a características muito próprias da região, só aqui se desenvolveram, constituindo património local.

É bom viver no Algarve!
http://www.facebook.com/algarve.pt

Alentejo – Mértola

Alentejo - Mértola

Cá fora, sob uma luz intensa reflectida nas paredes claras, Mértola mostra-se semelhante a muitos locais do Alentejo, com as ruas engalanadas de laranjeiras, pequenos comércios com os produtos locais e trânsito lento. Mas, aos poucos, conforme se entra na zona muralhada e se pisam as gastas lajes, uma história grandiosa revela-se sob os nossos pés e olhos, desmentindo a aparente pequenez do burgo.

É bom viver no Alentejo!
http://www.facebook.com/alentejo.pt

Odeceixe – Algarve


As praias são a grande atracção nesta zona. São simplesmente fabulosas! Mesmo a Sul de Aljezur um entroncamento conduz às praias de Arrifana e Monte Clérigo. A Norte, existe um desvio assinalado com uma placa que diz ‘praia’ – siga-a até à praia da Amoreira. Na fronteira com o Alentejo, a praia de Odeceixe é uma enseada protegida, popular entre os surfistas.

É bom viver no Algarve!
https://www.facebook.com/algarve.pt

Loulé – Algarve


Loulé é uma cidade vibrante e típica, situada em sopés cobertos de amendoeiras. É uma cidade antiga, apesar de só encontrarem vestígios das muralhas do castelo mouro. Estas muralhas encontram-se na área central, que é mais conhecida entre os visitantes pelo seu artesanato, pelo seu encanto e pela sua predisposição para o divertimento.

À medida que for passeando nas estreitas ruas encontrará pequenas lojas pouco iluminadas. Espreite através da escuridão e encontrará artesãos a moldar betão, a cozer cabedal ou a vender peças em latão ou bordados.

É bom viver no Algarve!
http://www.facebook.com/algarve.pt

São Brás de Alportel – Algarve


O centro histórico é o ponto privilegiado para partir à descoberta de São Brás de Alportel. O adro da Igreja Matriz oferece-lhe uma bela panorâmica, desde o barrocal até ao mar, e no seu entorno, pode encontrar algumas das mais valiosas jóias do património concelhio.

Em pleno coração da vila, pode apreciar os mais vistosos e importantes edifícios. Observe o contraste entre os edifícios altos e imponentes e as modestas habitações térreas, percorra as ruas estreitas, demore-se nos largos, aprecie os magníficos trabalhos em cantaria, as chaminés e as açoteias que caracterizam a arquitectura local.

É bom viver no Algarve.
http://www.facebook.com/algarve.pt

Querença – Algarve

Situada num monte fica a aldeia de Querença que dá o nome à freguesia, que já pode caracterizar-se pela transição entre o Barrocal e a Serra. As casas descem pela encosta em todas as direcções, situando-se bem lá no alto a pequena e bonita igreja, orgulho das gentes de Querença. É nesta freguesia que se destila um dos mais afamados medronhos e se produz o mais apreciado chouriço, para além de outras tipicidades. A Festa das Chouriças constitui, entre outros, um dos pontos mais altos das festividades que em Querença se realizam anualmente.

Esta pequena povoação conserva boa parte da sua traça tradicional. Num dos seus extremos existe uma nora tradicional recuperada e nas proximidades fica uma das jóias da paisagem algarvia, a Fonte Benémola, onde se conserva um dos melhores exemplos da vegetação original do Barrocal, zona de transição entre o litoral algarvio e a serra.

É bom viver no Algarve.
http://www.facebook.com/algarve.pt