Algarve entre os destinos ideais do New York Times

O Algarve está entre os 45 destinos preferenciais sugeridos pelo New York Times para as viagens dos seus leitores em 2012.
A região portuguesa surge em 29º lugar na lista, entre locais tão diversos como as Maldivas, a Antártida ou Londres, capital britânica.
Alexander Lobrano, jornalista responsável por traçar o perfil do Algarve, descreve-o como a “Riviera portuguesa” e dá destaque ao facto de, embora seja um destino turístico por excelência há já muito tempo, estar a trabalhar no sentido de alcançar, no futuro, um público mais abrangente.
Para o fazer, escreve o New York Times, o Algarve “reciclou-se a si próprio” com “novos ou renovados hotéis de luxo que enfatizam o estilo, a autenticidade e a ecologia”, entre os quais sobressai o Hotel Bela Vista, em Portimão, considerado um “exemplo perfeito” com um “design incrível” da autoria de Graça Viterbo.
O perfil traçado enfatiza ainda as áreas mais “sossegadas” do Algarve, como Sagres ou Olhão e não deixa de mencionar as “atrações naturais” algarvias, nomeadamente a Ria Formosa, que permitem desfrutar “da beleza pura das praias de areia branca”.

Clique AQUI para consultar a lista completa de destinos turísticos indicados pelo jornal norte-americano.

Anúncios

COSTA VICENTINA

41Costavicentina2.JPG
Portugal, Costa Vicentina – Vila do Bispo

OS MUITOS ENCANTOS DA COSTA VICENTINA

O perfil serrilhado de altas arribas mergulhando nas águas espumosas. As praias que se prolongam terra adentro em dunas extensas ou são conchas de areia bordejadas por rochas altaneiras. As formas majestosas do Cabo de São Vicente e da Ponta de Sagres avançando indómitas pelo Oceano. 0 anil, o rosa e o vermelho fogo dos amanheceres e poentes no espelho líquido do mar Prazeres para os olhos que a Costa Vicentina proporciona a quem a visita atento à Natureza, ao fascínio de uma paisagem que fala de tempos imemoriais e quase faz esquecer a presença humana.

A Área Protegida da Costa Vicentina estende-se de Odeceixe a Burgau, abrangendo no seu amplo arco cerca de 80 km de costa. Ela é a portunidade de apreciar, no seu habitat natural, quase uma
centena de plantas adaptadas à vivência numa atmosfera carregada de sol e de sal e a solos que vão das areias macias das dunas aos terrenos finos e pobres do xisto, às fissuras das rochas calcárias… um verdadeiro paraíso para os que apreciam as flores silvestres.

A vida animal não lhe fica atrás. Para além das raposas, javalis, texugos, gatos bravos e coelhos são as aves a grande atracção da Costa Vicentina. Nos ribeiros e zonas húmidas habitam mais de vinte espécies com destaque para as garças, cegonhas, guarda-rios e galinhas de água. As rochas da costa abrigam corvos, pombos da rocha e torcazes, gaivotas, gralhas e muitos outros. Aves de rapina com as águias, açores, gaviões, mochos e corujas partilham os céus com mais de trinta pássaros diferentes que, como o melro, o rouxinol e o pintassilgo fazem ouvir os seus maviosos cantos por toda a região.

Sagres Natura Surf Camp Algarve Portugal