Viver no campo – Novos Rurais

E VOCÊ… AINDA VIVE NAS GRANDES CIDADES?

Novos Rurais é o nome criado para designar uma nova classe de pessoas que, tendo nascido na cidade, optam por viver no campo. Geralmente são amantes do campo. Tendem a aproveitar o melhor de ambos os mundos e “levam” algum do conforto que têm na cidade para o campo.

Junte-se a nós!
Movimento Novos Rurais
http://www.facebook.com/novosrurais.farmingculture

Anúncios

Algarve Natural


Surpresas e encantos de um universo por descobrir.

Na multiplicidade algarvia encontram-se espaços em que a Natureza se encontra ainda em estado puro.

Nos parques naturais, nos sítios classificados, ou nos locais de interesse ecológico, sobrevivem espécies, da fauna e da flora, que fora destas áreas estão já em vias de extinção. Outras há que, graças a características muito próprias da região, só aqui se desenvolveram, constituindo património local.

É bom viver no Algarve!
http://www.facebook.com/algarve.pt

Odeceixe – Algarve


As praias são a grande atracção nesta zona. São simplesmente fabulosas! Mesmo a Sul de Aljezur um entroncamento conduz às praias de Arrifana e Monte Clérigo. A Norte, existe um desvio assinalado com uma placa que diz ‘praia’ – siga-a até à praia da Amoreira. Na fronteira com o Alentejo, a praia de Odeceixe é uma enseada protegida, popular entre os surfistas.

É bom viver no Algarve!
https://www.facebook.com/algarve.pt

Casas em Taipa – Construção Sustentável

A construção em terra, pedra e madeira permite cumprir um dos principais papéis que se impõe às construções actuais: a sustentabilidade dos materiais utilizados. Qualquer um destes materiais é reutilizável, não constituindo qualquer perigo, nem sobrecarga ambiental mesmo após a sua vida útil.

EcoCasa Portuguesa
http://www.facebook.com/ecocasaportuguesa

Foto:Habitação em Beja
Habitação unifamiliar construída em taipa…
Proj. Arquitectura Bartolomeu Costa Cabral, João Gomes
e Mário Anselmo Crespo

A construção em terra


Ainda hoje, são inúmeros os montes com construções em taipa, muitos deles abandonados à espera de renovação.

Em Portugal, é essencialmente no Baixo Alentejo que a construção em terra tem maior expressão. A estrutura geológica, as características do solo, a herança cultural de povos com tradição em construções de terra, o clima seco e o ambiente essencialmente rural são factores fundamentais para potenciar o desenvolvimento da construção em terra.

EcoCasa Portuguesa
http://www.facebook.com/ecocasaportuguesa

Alentejo – Chaminé em Tijolo Burro

O tijolo burro é utilizado na construção há vários milénios, não tendo as suas caracteristicas variado significativamente ao longo dos anos, uma vez que tal como nos primórdios continua a ser fabricado com a mesma matéria prima, a argila (terracota).

O tijolo burro é fabricado a partir de argila extraída em barreiros próprios, que depois de triturada e moída é amassada, podendo então ser moldada com o formato desejado, neste caso o tijolo burro. Após um periodo de secagem que varia de acordo com as condições metereológicas ( o tempo de secagem depende do calor e da humidade do ar) e que pode ir de 5 a 30 dias, o tijolo burro, ainda cru, é introduzido no forno onde será cozido a uma temperatura de aproximadamente 1100º.

EcoCasa Portuguesa
http://www.facebook.com/ecocasaportuguesa

Ponte de Tôr – Algarve

A ponte de Tôr foi outrora construída na antiga via romana secundária que ligava Milreu, em Estoi a Salir (Loulé). A data da sua construção tem derivado diversas opiniões e não reúne consenso, sendo que alguns historiados referem-na como originária do período de ocupação romana e outros originária do período de ocupação islâmica.

Situada num ambiente pitoresco, de grande riqueza paisagística, a Ponte de Tôr é formada por cinco arcos, o último reconstruído no período medieval, acrescentando-se ao monumento um brasão português.
A ponte tem no centro 3,47 metros de largura, com o piso do tabuleiro alcatroado, debaixo do qual existe um outro piso de paralelepípedos, estando assente sobre muros de suporte característicos das pontes romanas, embora estes contem com uma dimensão maior que a generalidade, provavelmente devido ao facto de esta zona estar frequentemente sujeita a grandes cheias.
A Ponte de Tôr está classificada como Imóvel de Interesse Concelhio.

É bom viver no Algarve.
http://www.facebook.com/algarve.pt