Conheça um Algarve diferente!

 

 

O interior tranquilo e verdejante esconde aldeias tradicionais e paisagens espectaculares.
Aprecie a beleza e o aroma da vegetação onde não falta alecrim, rosmaninho, funcho, tomilho, esteva, urze ou até as orquídeas, mais raras.

É bom viver no Algarve!
http://www.facebook.com/algarve.pt

Anúncios

Ciclovia do Tejo (Cais do Sodré – Belem)

O Tejo from Abilio Vieira on Vimeo.

Ciclovia do Tejo (Cais do Sodré – Belem)
Passeio de bicicleta na margem norte do Tejo ao som de “Cais” do projecto “Os Poetas” de Rodrigo Leão e Gabriel Gomes. Filmado por Nuno Trindade Lopes. Editado por Abilio Vieira.

O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.
O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem.
E por isso porque pertence a menos gente,
É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram.
Ninguém nunca pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.

O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele.

Alberto Caeiro

1º EVENTO CYCLE CHIC LISBOA

Cartaz_-_Cycle_Chic

No próximo dia 28 de Maio, terá lugar o primeiro EVENTO CYCLE CHIC LISBOA.

Cycle Chic

Clássicas de corrida de outros tempos, tornaram-se hoje em dia, concorridas máquinas para utilização urbana. O Rui enviou-me estas fotos, orgulhoso do seu brinquedo novo… mas quem fica bem na bicicleta é a sua cara metade!

via: Lisbon Cycle chic 

Desafio Audax Porto-Côvo – Vila do Bispo 18 de Abril

Depois do sucesso do I Desafio Loures-Évora, vai realizar-se no dia 18 de Abril o Desafio Audax Porto-Côvo – Vila do Bispo, com uma estimativa de 109 km.

Para saberem mais informações: fpcub@fpcub.pt
Aceder ao Regulamento: Aqui
Aceder ao Programa: Aqui

Passeio de bicicleta na margem norte do Tejo

O Tejo from Abilio Vieira on Vimeo.

Portugal’s New Bike Paths are Filled with Poetry

O Tejo from Abilio Vieira on Vimeo.

Portugal\'s New Bike Paths are Filled with Poetry 

O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.
O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem.
E por isso porque pertence a menos gente,
É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram.
Ninguém nunca pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.

O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele.

Alberto Caeiro