Conservas de atum de volta ao Algarve

Cinco anos depois do fecho da última fábrica de conservas, o atum está de volta a Vila Real de Santo António, agora sob a forma de pitéu: rabinho daquele peixe com batata-doce ou barrigas com feijão-frade são alguns dos pitéus que só por ali se podem provar. Em boa parte, a “culpa” é do último director de produção da última fábrica de conservas da cidade fronteiriça, Dâmaso Nascimento, 53 anos, que há alguns anos se dedica ao desmancho, conservação e comercialização de partes do atum pouco conhecidas dos consumidores.

Conservas de atum de volta ao Algarve

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s