ALI FARKA

ALI FARKA TOURÉ
“Savane”
World Circuit / Megamúsica

Há algum tempo atrás, no norte do Mali, em pleno coração do Sahel, o agricultor ALI FARKA TOURÉ anunciou que abandonava as lides musicais para cumprir um desígnio maior. Conjugando provérbios e um enigmático sorriso aberto, tão desconcertante e peculiar como o seu estilo de dedilhar a guitarra, ALI explicou que a aridez da savana não dá tréguas: a terra deve que ser amanhada, os animais apascentados, a vasta família sustentada. Com os frutos da consagração internacional colhidos, incluindo um Grammy, e o reconhecimento nacional conquistado ambicionava regressar a sua casa e zelar pelos interesses da sua aldeia, Niafunké. Mas assim como o caudal do Níger não é travado pela secura sub-saariana nenhum voto seria suficientemente forte para conter a música que brota de ALI FARKA TOURÉ e, no ano passado, um novo disco em parceria com o amigo de longa data e génio da kora, TOUMANI DIABATÉ, foi brindado com novo Grammy e acompanhado pelo regresso aos palcos europeus no qual Lisboa foi agraciada numa noite de Verão memorável. Depois, um último silêncio que nem mesmo a teimosia pela qual recebeu o nome do meio venceria. Felizmente “Savane” estava em adiantada fase de conclusão. (Cronicas da Terra)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s